Entenda os benefícios e os riscos de usar serviços gratuitos de correio eletrônico!

Muitos provedores de serviços oferecem contas de correio eletrônico gratuito (por exemplo, Yahoo, Hotmail, Gmail e etc…). Estes serviços normalmente fornecem uma interface através do navegador Web para acessar seus e-mails. Além das economias monetárias, esses serviços geralmente oferecem outros benefícios:

Acessibilidade – Porque você pode acessar sua conta a partir de qualquer computador, esses serviços são úteis se você não pode estar perto do computador ou estão em processo de mudança e não tem um ISP ( Provedor de Serviços de Internet ). Mesmo se você é capaz de acessar sua conta de e-mail baseado em ISP remotamente, podendo contar com uma conta de e-mail gratuito é ideal se você estiver usando um computador público ou uma rede sem fio compartilhada e estão preocupados com a exposição dos detalhes da sua conta principal.

Características competitivas – Com tantos desses prestadores de serviços concorrentes para os usuários, que agora oferecem recursos adicionais, tais como grandes quantidades de armazenamento, filtragem de spam, proteção contra vírus e fontes melhoradas e gráficos.

Recursos adicionais – É cada vez mais comum para os prestadores de serviços empacotar software adicional ou serviços (por exemplo, mensagens instantâneas, calendário, etc…) com suas contas de e-mail gratuito para atrair clientes.

Contas de e-mail gratuitas também são ferramentas eficazes para reduzir a quantidade de spam que você recebe no seu endereço de e-mail principal. Em vez de enviar seu endereço primário ao fazer compras on-line, solicitação de serviços ou participar de fóruns on-line, você pode configurar um endereço secundário de uso livre.

Quais são os riscos associados aos serviços de e-mail gratuito?

Embora os serviços gratuitos de e-mail tenham muitos benefícios, você não deve usá-los para enviar informações confidenciais. Porque você não está pagando a conta, a organização não pode ter um forte compromisso para protegê-lo das várias ameaças ou a oferecer-lhe o melhor serviço. Outro aspecto a ser ponderado é que nenhum destes serviços de correio eletrônico são realmente grátis, se você não esta pagando é porque o produto é você. Alguns dos riscos são:

Segurança – Se o seu login, senha ou mensagens são enviadas em texto simples, eles podem ser facilmente interceptadas. Se um provedor de serviço oferece criptografia SSL, você deve usá-lo. Você pode descobrir se ele está disponível, procurando por um “modo seguro” ou substituindo o “http:” na URL com “https:”.

Privacidade – Você não está pagando sua conta de e-mail, mas o prestador de serviços tem que encontrar alguma maneira de recuperar os custos da prestação do serviço. Uma das formas de geração de receita é a venda de espaço publicitário, outra é vender informações comerciais. Certifique-se de ler a política de privacidade do prestador de serviços ou condições de uso para ver se o seu nome, o seu endereço de e-mail, os endereços de email em seu livro de endereços, ou qualquer uma das informações no seu perfil tem o potencial de ser dada a outras organizações. Se você está considerando encaminhar seu e-mail de trabalho para uma conta de e-mail gratuito, verifique com seu empregador em primeiro lugar. Você não quer violar qualquer das políticas de segurança estabelecidas.

Confiabilidade – Embora você possa ser capaz de acessar sua conta de qualquer computador, você precisa ter certeza de que a conta vai estar disponível quando você quiser acessá-la. Familiarize-se com os termos do prestador de serviços de atendimento para que você saiba exatamente o que eles se comprometeram a fornecer-lhe. Por exemplo, se o serviço termina ou a sua conta desaparece, você pode recuperar suas mensagens? Será que o prestador de serviços lhe dará a possibilidade de baixar as mensagens que você deseja arquivar em sua máquina? Além disso, se acontecer de você estar em um fuso horário diferente do provedor, você pode achar que a sua manutenção do servidor interfere com sua rotina normal. Geralmente os provedores de serviços gratuitos mantém em suas licenças de uso um termo que lhes garantem o direito de terminar o serviço quando julgarem necessário.

Conformidade – No Brasil, o princípio da legalidade veda às instituições públicas tudo o que não for expressamente permitido por lei, diferentemente do setor privado que pode fazer tudo que não for proibido em lei. Outro aspecto a ser considerado é o decreto 8.135/2013, regulamentado através da Portaria Interministerial Nº 141 em 05/05/2014, que obriga que o correio eletrônico a ser utilizado pelas instituições do governo federal sejam administrados e armazenados por instituições do governo e com aplicações que permitam a auditabilidade do seu funcionamento através da análise do código-fonte; tornando o uso de correio eletrônico gratuito ou o redirecionamento de e-mails de qualquer agente público para sua seu e-mail pessoal expressamente ilegal.

 

Fonte: CERT, Texto adaptado de Benefits and Risks of Free Email Services

Tradução e adaptação: Vinícius S. P. Fernandes